Blog

12/08/2020

TREPADEIRAS: DESTAQUES NO SEU JARDIM

Projetar um jardim é sempre um desafio. Na primeira visita ao cliente não raro nos deparamos com uma situação assim: de um lado um canteiro de obras, bem entulhado e movimentado por um vai e vem de muitos trabalhadores e de outro um cliente extremamente ansioso por ver a obra se findar e ter sua casa pronta para morar.

O paisagismo vem como última etapa nesse processo e tem nas mãos a responsabilidade de trazer o acabamento perfeito e criar ambientes que proporcionem uma sensação de bem estar e aconchego. É o paisagismo que vai, com todo o charme, disfarçar tudo aquilo que não se quer à mostra, equilibrar formas e cores, corrigir caminhos, suavizar temperaturas e incidência de ventos, proporcionar privacidade e, em muitas ocasiões, trazer ao presente lembranças e sensações deliciosas de memórias afetivas.

Nesse contexto, as trepadeiras têm um papel todo especial, quando se entrelaçam em cercas, grades ou telhados ou quando cobrem um pergolado ou, ainda, quando se esparramam sobre um caramanchão, elas timidamente cobrem um ambiente de verde, mudam a paisagem e quando você menos espera, lhe presenteia com belíssimas flores e também as borboletas, abelhas e beija flores. A natureza está ali, no seu cantinho particular, onde você pode contemplar demoradamente da forma que achar melhor. Imagine-se sentado naquele banco ou balanço que você escolheu, ou deitado preguiçosamente em uma rede ou, quem sabe, rodeado de amigos numa mesa cheia de petiscos. Enfim, as possiblidades de curtir aquele espaço e aquele momento são infinitas.

Pensando em lhe proporcionar momentos assim é que lhe apresentamos algumas alternativas em trepadeiras para você se inspirar.

PRIMAVERA: É uma trepadeira lenhosa, de florescimento encantador. As flores são bem pequenas, envolvidas por brácteas coloridas (e são muitas opções de cores). Pode ser conduzida como arbusto, arvoreta, cerca viva e como trepadeira. Enfeitar sua pérgola com uma primavera florida é sentir-se nas ilhas gregas. Mas, cuidado! Ela é bastante vigorosa e, portanto, vai exigir uma estrutura forte para suportá-la. E nunca se descuide de sua poda senão ela ficará imensa e algumas espécies bastante espinhosas.

IPOMÉIA RUBRA: Trepadeira volúvel, de crescimento moderado, se entrelaça facilmente entre grades, pérgolas e caramanchões, conduzindo-se praticamente sozinha e fazendo uma excelente cobertura. Suas flores são maravilhosas, grandes e muito numerosas, principalmente da primavera ao outono, atraindo beija-flores, abelhas e borboletas. Também pode ser cultivada em vasos e jardineiras, desde que lhe seja oferecido suporte adequado.

FLOR DE SÃO MIGUEL OU VIUVINHA: Muito florífera, excelente para recobrir pérgolas e caramanchões. As flores, pequenas e em formato de estrela, se formam em grandes cachos. De cor roxa, acabou recebendo o apelido carinhoso de viuvinha, embora também tenha uma variedade de flores brancas. A floração se dá no final do inverno e início da primavera. Mas, não se esqueça, essa trepadeira necessita de tutoramento para sua formação.

IPOMÉIA AFRICANA: É uma trepadeira volúvel, de crescimento rápido e muito ornamental. Suas folhas em formato de coração são um charme à parte e suas flores de um tom rosa vibrante surgem quase o ano todo, com maior intensidade no final do outono e início do inverno. Em jardins é apropriada para revestir cercas, muros, portais e pérgolas.

.

CONGÉIA: É uma trepadeira muito conhecida pelo seu florescimento majestoso. No fim do inverno e início da primavera a congéia floresce, exibindo numerosas flores miúdas, cercadas por brácteas vistosas e duráveis, que mudam de cor gradativamente, do rosa para o roxo e posteriormente para o cinza. A floração é bastante densa e abundante e se encaixa em diferentes estilos de jardins. Pode cobrir cercas, grades, caramanchões, pérgolas, pórticos e muros. Além disso, seus ramos floridos podem ser utilizados em buquês e arranjos florais.

Por Cláudia Mastelaro

Posts Relacionados

CALÇADAS: 5 ÁRVORES IDEIAIS

SUCULENTAS: AS QUERIDINHAS DO MOMENTO